Polos

Norte

Mesaqueuri Mota Nonato UFAM Manaus
Conselheiro Mesaqueuri Mota Nonato
Lohana de Freitas Medeiros UFAM Manaus
Vice Conselheira Lohana de Freitas Medeiros

UFAM Manaus

O curso tem como objetivo criar profissionais que possam contribuir para as demandas industriais, sociais e ambientais da região, preparando-os para que sejam capazes de formular e elaborar estudos e pesquisas científicas em biotecnologia no setor agrícola, de saúde, e relativo à microbiologia, biologia molecular, engenharia genética, biossegurança e bioinformática, destacando a característica multidisciplinar do curso.

O curso é tecnológico, então ao final desse período, o profissional formado será um biotecnologista que estará apto a atuar no desenvolvimento de processos e produtos que garantam maior economia, eficácia e competitividade, quer em atividades agrícolas, agroindustriais ou ambientais.

Yago Lira da Costa UFAM Coari
Conselheiro Yago Lira da Costa
Thiago Thaisson Pinheiro Guimarães UFAM Coari
Vice Conselheiro Thiago Thaisson Pinheiro Guimarães

UFAM Coari

O objetivo do curso é promover a formação, em nível de graduação, do recurso humano com competência para o desenvolvimento de processos e produtos com a utilização de seres vivos e/ou seus derivados. 

O bacharel formado pela Ufam terá os seguintes áreas de atuação: 1) trabalho  técnico  e/ou  gerencial  nas  indústrias  de  alimentos,  biotecnológicas  e agroindustriais podendo  atuar  no  controle  de  qualidade  de  alimentos,  animais  e  microrganismos transgênicos; 2) trabalho técnico e/ou gerencial em propriedades rurais, biofábricas e outras organizações que envolvam técnicas ou atividades associadas à biotecnologia; 3) pesquisador  e/ou  docente  em  universidades  ou  institutos  de  pesquisa  públicos  ou privados; 4) na  área  ambiental,  desenvolvendo  projetos  que  visem  a  qualidade  do  ambiente,  no tratamento biológico de resíduos e em biorremediação; 5) na  área  da  saúde,  no  desenvolvimento  de  fitoterápicos,  biofármacos  e  técnicas  para  o diagnóstico molecular de agentes causais de doenças.

Nordeste

UFBA Salvador

O curso de biotecnologia da UFBA tem como objetivo formar profissional generalista com base sólida de conhecimentos científicos, dotado de consciência ética e política, com visão crítica, global e consciente do seu papel transformador na conjuntura econômica, social, política e cultural da região e do Brasil.

O profissional é capaz de aplicar de forma autônoma os conhecimentos científicos e tecnológicos já existentes, relacionados à biotecnologia e produzir, aprimorar e divulgar processos e produtos biotecnológicos.

Emilly de Jesus Araújo Santos UFBA Salvador
Conselheira Emilly de Jesus Araújo Santos
Vitor Lima Miranda Melo UFBA Salvador
Vice Conselheiro Vitor Lima Miranda Melo

UFBA Vitória da Conquista

O curso de Biotecnologia de Vitória da Conquista possui uma estrutura curricular de base científica e tecnológica que tem como objetivo formar profissionais capazes de atuar em diversos campos da biotecnologia. Os conhecimentos ligados às áreas da biotecnologia estão presentes desde o primeiro semestre, terminando com um foco em empreendedorismo ao fim do curso, o que permite capacitar o aluno aos desafios do mercado de trabalho.

O curso também possui projetos de extensão e empresa júnior, que complementam a formação acadêmica formal.

Tatyana Chagas Moura UFBA Vitória da Conquista
Conselheira Tatyana Chagas Moura
Eduardo Silva Coqueiro UFBA Vitória da Conquista
Vice Conselheiro Eduardo Silva Coqueiro

UFPB

O curso visa formar profissionais capazes de desenvolver, executar e supervisionar pesquisas, aplicações, produtos, processos e serviços nas áreas tecnológicas e das Ciências da Vida. Sendo, também, capacitados a aplicar seus conhecimentos em novos negócios empreendedores e no desenvolvimento biotecnológico do País.

O curso da UFPB tem enfoque nas áreas de saúde, indústria e agropecuária, e tem suporte do Laboratório de Biologia Celular e Molecular, que desenvolve pesquisas com investigações em metagenoma e termoestabilidade.

Rayanelle Tissiane Gomes Da Silva UFPB
Conselheira Rayanelle Tissiane Gomes Da Silva
Gustavo de Figueiredo UFPB
Vice Conselheiro Gustavo de Figueiredo

Centro-Oeste

IFMT

O curso de Bacharelado em Biotecnologia ofertado pelo IFMT – Campus Avançado Lucas do Rio Verde tem como objetivo formar profissionais capazes de introduzir e desenvolver pesquisas para geração de processos, aplicação e manipulação de produtos biotecnológicos, nas áreas de ciências agrárias, meio ambiente e energia, visando agregar valores econômicos e sociais em diferentes setores da região.

Além de preparar docentes/pesquisadores e profissionais habilitados a desenvolver tanto estudos generalistas quanto especialistas nas diferentes áreas da biotecnologia, voltados principalmente para a agropecuária e a agroindústria.

Guilherme Luiz Garcia Gregorio IFMT
Conselheiro Guilherme Luiz Garcia Gregorio
Al-inglity Rafaela José IFMT
Vice Conselheira Al-inglity Rafaela José

UFG

O curso de Biotecnologia da UFG está vinculado ao Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública, e visa formar um profissional com ênfase em Ciências da Saúde, de forma a diferenciar este bacharel para os desafios que a Biotecnologia apresenta nesse campo de atuação. O objetivo é formar o biotecnologista com conhecimentos sólidos em Ciências da Saúde, desenvolvimento e análise de processos moleculares e genéticos, produção de vacinas e kits diagnósticos, teste e desenvolvimento de biofármacos, e desenvolvimento em biotecnologia agroindustrial e ambiental. Possui uma formação abrangente que envolve também conhecimentos em Microbiologia, Imunologia, Parasitologia, Patologia, Epidemiologia, Bioinformática e Saúde Pública, entre outros.

Além disso, o curso oferece conhecimentos sobre Legislação em Biotecnologia, Patentes, Propriedade Intelectual, Gestão e Empreendedorismo essenciais para o profissional atuar em pesquisa, desenvolvimento e inovação.

Alvino Alves Cavalcante UFG
Conselheiro Alvino Alves Cavalcante
Bruna Martins de Araújo UFG
Vice Conselheira Bruna Martins de Araújo

UFGD

O bacharelado em Biotecnologia da Universidade Federal da Grande Dourados foi criado em 2008 vinculada à Faculdade de Ciências Biológicas e Ambientais da Universidade. O objetivo do curso é a formação de profissionais capazes de formular e elaborar estudos, projetos ou pesquisas científicas em Biotecnologia, especialmente no setor agrícola e ambiental, bem como demais projetos relacionados à Microbiologia, Biologia Molecular, Engenharia Genética, Biossegurança e Bioinformática, atendendo a demandas sociais da região.

Mariana Carvalho Sturaro UFGD
Conselheira Mariana Carvalho Sturaro
Vivian Alessandra Sumiko Suguimoto UFGD
Vice Conselheira Vivian Alessandra Sumiko Suguimoto

UnB

O Instituto de Ciências Biológicas da Universidade de Brasília oferece o curso de graduação em Biotecnologia que tem como foco o treinamento nas disciplinas de Biologia Molecular, Bioquímica, Genética, Química de Proteínas, entre outras, bem como as de desenvolvimento tecnológico e inovação nesta área. O estudante, durante a sua formação, terá forte interação com o setor empresarial, por meio de visitas, estágios, e desenvolvimento de projetos em parceria com foco nos mercados nacional e internacional.

O curso propõe aos estudantes uma forte base teórica em disciplinas que darão sustentação à formação de profissionais nesta área, fornecendo a eles a possibilidade de continuidade da sua formação em nível de pós-graduação e a formação em gestão e inovação biotecnológica.

Amanda Amaral UnB
Conselheira Amanda Amaral
Luana Fernandes Rosa Cavalcante UnB
Vice Conselheira Luana Fernandes Rosa Cavalcante

Sudeste

FCV

O Curso de graduação em Biotecnologia da Faculdade Ciências da Vida é ministrado por professores de competência nas áreas químicas, biológicas e tecnológicas e formam profissionais competentes, capazes de resolver problemas referentes à utilização de organismos vivos. Podendo aplicar seus conhecimentos em biotecnologia na produção, pesquisa, serviços, desenvolvimento de novos processos e novos produtos, bem como para o diagnóstico, análise e solução de problemas pertinentes aos processos biotecnológicos das indústrias químicas, farmacêuticas, alimentícias, de biocombustíveis e relacionadas a questões ambientais.

Fernando de Jesus Silva Maciel Fcv
Conselheiro Fernando de Jesus Silva Maciel
Laisla da Costa Almeida Lage  Fcv
Vice Conselheira Laisla da Costa Almeida Lage

UFSCar

O curso de Bacharelado em Biotecnologia da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) no campus de São Carlos tem por objetivo formar profissionais capazes de propor e desenvolver pesquisas, processos, serviços e produtos inovadores no campo da Biotecnologia Moderna.

O biotecnologista formado possuirá conhecimentos sólidos em disciplinas das áreas de Genética, Bioquímica, Biologia Molecular e outras, determinando o perfil multidisciplinar do profissional.

Gil Neves Pinto de Oliveira UFSCar
Conselheiro Gil Neves Pinto de Oliveira
Rafaela Lima Godoy UFSCar
Vice Conselheira Rafaela Lima Godoy

UFSJ

O curso de Biotecnologia UFSJ possui o objetivo de uma formação profissional de estudantes capazes de aplicar e gerar conhecimentos científicos relacionados a competências do biotecnologista, bem como promover a construção ética, inovadora e criativa através de uma base teórica e prática multidisciplinar. 

Neste contexto, o curso se encontra sediado no Campus Dom Bosco e é coordenado pelo Departamento de Engenharia de Biossistemas (DEPEB). Possui atividades extracurriculares como grupos de estudos e projetos de extensão com o objetivo de melhorar e aprofundar sua vida acadêmica. Portanto, se trata de uma formação interdisciplinar e humanizada de biotecnologistas.

Cícero Luiz Neder Morando Queiroz UFSJ
Conselheiro Cícero Luiz Neder Morando Queiroz
Matheus Alex Araujo Resende UFSJ
Vice Conselheiro Matheus Alex Araujo Resende

UFU Patos de Minas

O curso de Biotecnologia em Patos de Minas, apresenta uma estrutura curricular ampla, dividida em componentes curriculares básicos, específicos e complementares, e possui ênfase na área da Genética com muitas disciplinas dedicadas ao estudo desse tema e suas aplicações em pesquisas, produtos e em serviços.

O curso também possui projetos de extensão e empresa júnior, que proporcionam experiências de gestão de tempo, pessoas e projetos como um aprendizado complementar antes de ingressar no mercado de trabalho.

Conselheira Thais Gonzaga Gontijo de Sousa
Vice Conselheira Lorena Barbosa Viera Silva

UFU Uberlândia

O curso foi elaborado de forma a proporcionar, além de uma formação sólida nas áreas básicas relacionadas à química, matemática, física e biologia, também uma formação abrangente que envolva conhecimentos de processos industriais em larga escala, bioinformática, gerenciamento, ecologia, entre outros.

O profissional formado pelo curso é capaz de propor, planejar, desenvolver, executar e divulgar pesquisas, processos, serviços e produtos inovadores no campo da Biotecnologia.

Matheus Cesar Rodrigues Garcia UFU-Uberlândia
Conselheiro Matheus Cesar Rodrigues Garcia
Maria Eduarda Nunes Marques UFU-Uberlândia
Vice Conselheira Maria Eduarda Nunes Marques

UNESP Assis

O curso de Graduação em Engenharia Biotecnológica pretende formar recursos humanos  qualificados tanto para o gerenciamento como também para o planejamento e execução de projetos biotecnológicos. Será um profissional apto a responder às rápidas transformações do conhecimento e do mundo, do surgimento de novas demandas da sociedade.

Espera-se do profissional formado em Engenharia Biotecnológica, que possa atender ao setor industrial e à pesquisa. Na indústria, ele desenvolverá projetos de engenharia que contemplem a elaboração de equipamentos, de fluxogramas, de montagem industrial, do balanço de massa, de energia e insumos, etc.

Fernanda Gomes Oliveira da Silva UNESP Assis
Conselheira Fernanda Gomes Oliveira da Silva
Juliana da Silva Piva UNESP Assis
Vice Conselheira Juliana da Silva Piva

UNESP Botucatu

A grade curricular do curso é voltada para a utilização industrial de processos biotecnológicos.

Ao final do curso, o Engenheiro de Bioprocessos e Biotecnologia, em função dos conhecimentos adquiridos, terá as habilidades necessárias para desenvolver projetos de pesquisa e atuar na inovação, produção, planejamento, supervisão, elaboração e coordenação de processos.

Cindy Megumi Kimura UNESP Botucatu
Conselheira Cindy Megumi Kimura
Camila da Costa Matheus UNESP Botucatu
Vice Conselheira Camila da Costa Matheus

UNIFESP

O ingresso para o Bacharelado em Biotecnologia na Universidade Federal de São Paulo campus São José dos Campos é anual e se dá pelo curso de Entrada Única que é o Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia (BCT), um curso que visa desenvolver uma base sólida e interdisciplinar de conhecimentos nas áreas em: ciências naturais, matemática, informática e ciências humanas. Dessa forma, nos três primeiros anos os estudantes cursam o BCT, tendo no primeiro semestre unidades curriculares obrigatórias e, a partir do segundo, podem seguir a grade curricular do Bacharelado em Biotecnologia, que é oferecido em período integral.

Pedro Henrique Barboza de Souza Silva UNIFESP
Conselheiro Pedro Henrique Barboza de Souza Silva
Larissa Slivka Moreira UNIFESP
Vice Conselheira Larissa Slivka Moreira

USP

O aluno de Biotecnologia da Universidade de São Paulo irá estudar conteúdos de Biologia Molecular, Bioquímica, Engenharia Genética, Química, Microbiologia, Estatística e Computação, além de aprender sobre Empreendedorismo, inovação e resolução de problemas. Objetivando atuar nos seguintes eixos temáticos abordados durante a graduação: Técnico-científico, Meio Ambiente, Biomedicina, Humanidades e Tecnologia.

Ao ingressar no mercado de trabalho, poderá atuar em diversas áreas, por exemplo, procurando novas maneiras de garantir a sustentabilidade, desenvolvendo processos com microrganismos em escala Industrial, entre outros, desde a produção de alimentos até a criação de vacinas e remédios. Este profissional também poderá trabalhar com a legislação e consultoria em empresas privadas, e até mesmo criar seu próprio negócio, voltado para a área que mais se identifica, além de também ter a oportunidade de seguir carreira acadêmica.

Stéffani Vibranco de Oliveira Neves USP
Conselheira Stéffani Vibranco de Oliveira Neves
Matheus Francisco de Sousa Silva USP
Vice Conselheiro Matheus Francisco de Sousa Silva

Sul

PUC-PR

O curso de Biotecnologia com habilitação em bacharelado, na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (Campus Curitiba), tem a formação do fundamentada na multidisciplinaridade, em que os alunos dividem matérias com os cursos de Medicina Veterinária, Biologia, Farmácia e Educação Física, bem como na avaliação por competências, que considera o aprendizado prático do aluno acima das notas. A carga de aulas práticas compartilha a mesma proporção de aulas teóricas ao longo do curso, formando profissionais capacitados para trabalhar de forma hábil, tanto individualmente quanto em equipe. O foco do curso é construído principalmente em duas grandes áreas, Saúde e Agronomia, devido ao mercado estadual ser mais desenvolvido nessas áreas. Contudo, conta com a possibilidade de aprimoramento em Ciência Animal, Bioinformática, Produção de Biocombustíveis, Produção de Cosméticos e Controle de qualidade, através de matérias eletivas.

Steffanni Sayala Andrade Marques PUCPR
Conselheira Steffanni Sayala Andrade Marques
Mateus Eduardo de Oliveira Thomazini PUCPR
Vice Conselheiro Mateus Eduardo de Oliveira Thomazini

UFGRS

O curso de Graduação em Biotecnologia da UFRGS apresenta ênfase em Biologia Molecular e Celular, Bioprocessos e Bioinformática. Os graduados no Curso de Biotecnologia terão oportunidades de trabalho em novas áreas como genômica, proteômica e metabolômica, bioinformática, transgênese de microrganismos, vegetais e animais, identificação e análise de organismos geneticamente modificados ou de seus derivados, análises de DNA para fins de estudos genéticos, taxonômicos, forenses ou analíticos, síntese e aplicação de novos polímeros biodegradáveis ou de origem biológica, produção de outros biomateriais para os mais diversos fins, biocombustíveis e a biorremediação de águas, solos, efluentes industriais e outros.

Rafael de Matos UFRGS
Conselheiro Rafael de Matos
Laura Boose de Mendonça UFRGS
Vice Conselheira Laura Boose de Mendonça

UNILA

O curso de Biotecnologia da UNILA está vinculado ao Instituto Latino-Americano de Ciências da Vida e da Natureza (ILACVN) e possui o objetivo de formar um profissional multidisciplinar. Preza também pela multiculturalidade e plurilinguismo, contando com estudantes de vários países da América-Latina, que têm como idiomas nativos espanhol, guarani, francês e crioulo. Além disso, está localizado em Foz do Iguaçu-PR, possibilitando ao discente participar de diferentes atividades nos países vizinhos. O curso conta também com aulas ministradas no campus da UNILA no PTI (Parque Tecnológico de Itaipu), sediado na Usina Hidrelétrica de Itaipu, possibilitando que o discente de Biotecnologia possa ter contato com o setor industrial da empresa, laboratórios de pesquisa, setor de direção e projetos de pesquisa.

Micael Mantovani Baruch UNILA
Conselheiro Micael Mantovani Baruch
David Santiago Valencia Marsiglia UNILA
Vice Conselheiro David Santiago Valencia Marsiglia

UNIPAMPA

O Curso de Bacharelado em Biotecnologia da UNIPAMPA tem como principal foco a formação de biotecnologistas para atuar nas áreas de empreendedorismo e produção de produtos e processos biotecnológicos. Sendo assim, a formação empreendedora pretende que o egresso possua a capacidade de identificar demandas anteriormente negligenciadas e propor empreendimento para saná-las. Já a formação de indivíduos competentes para o desenvolvimento de produtos e processos biotecnológicos é fundamental para o sucesso destes empreendimentos.

Guilherme Henrique Aparecido de Oliveira Unipampa
Conselheiro Guilherme Henrique Aparecido de Oliveira
Mateus Morel Fonseca Unipampa
Vice Conselheiro Mateus Morel Fonseca